sábado, 12 de maio de 2012

Vespa 150 TAP (Troupes Aéro Portées)

Criada especialmente para uso das tropas francesas de paraquedismo, daí o nome TAP, essa Vespa chama atenção por onde é apresentada. Foi produzido por Ateliers de Construção De Automobiles et Motocycles (ACMA), um montador de Vespas licenciada em França , em 1956 e 1959. Estima-se que cerca de 800 delas foram fabricadas.
A ideia era desenvolver um veículo que pudesse carregar um canhão M20 de 75mm de forma ágil e barata (custava cerca de US$ 500 a unidade – mais barato que o canhão), e para isso um veículo de duas rodas era o ideal.Sua velocidade máxima era de 60km/h com autonomia de 200km.

O visual da Vespa ficou bizarro e não pensem que o canhão era disparado acoplado na mesma. Para fazer uso do canhão, de fabricação norte-americana e sem recuo, o mesmo era retirado da moto e montado sobre um tripé.
A “tropa” era composta sempre por 2 Vespas. Em uma seguia o canhão, em outra a munição. Eram lançadas de paraquedas junto com 2 paraquedistas.

Foi usada durante a guerra da Argélia na década de 50. Apesar de ter nascido como um veículo leve e de transporte rápido, alguns rumores dizem que as Vespas TAPs foram vistas com mais freqüência sendo empurradas do que andando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário